Os burros são animais extremamente rústicos e tendem geralmente a gozar duma boa saúde. Quando um animal adoecer, ponha-o a descansar num lugar sossegado com comida e água. Se possível, consulte o agente de saúde animal local ou um veterinário. O tratador deve ser capaz de dizer, numa fase ainda precoce, se o burro se encontra doente.

Quando o burro adoece os sinais são:

- Tem o focinho, a quartilha e as patas muito quentes;

- Tem uma expressão nervosa ou depressiva;

- Pende a cabeça;

- Tem o couro áspero com o pelo em riste;

- Põe-se em pé com as quatro patas juntas, em baixo;

- É relutante a caminhar;
 
- Transpira antes de trabalhar;

- Não defeca ou urina, ou as fezes e urina são anormais.

Quanto mais cedo se detectar a doença, mais rapidamente se pode iniciar o tratamento. O custo dos medicamentos ou a perda de força de trabalho podem assim ser minimizados.